Aristóteles Metafísica O conhecimento (trecho 1) + Questões

Aristóteles

Metafísica

O Conhecimento

Por natureza, todos os homens desejam conhecimento. Uma indicação disso é o valor que damos aos sentidos; pois, além de sua utilidade, são valorizados por si mesmos e, acima de tudo, o da visão. Não apenas com vistas à ação, mas mesmo quando não se pretende ação alguma, preferimos a visão, em geral, a todos os outros sentidos. A razão disso é que a visão é, de todos eles, o que mais nos ajuda a conhecer coisas, revelando muitas diferenças.

Ora, os animais nascem por natureza com o poder da sensação, daí adquirindo alguns a capacidade da memória, enquanto outros não. Por conseguinte, os primeiros (os que possuem a capacidade da memória) são mais inteligentes e capazes de aprender do que aqueles que não podem se lembrar. Aqueles que não ouvem sons (como a abelha ou qualquer criatura semelhante), são inteligentes, mas não conseguem aprender; só são capazes de aprender os que possuem esse sentido (a audição), além da capacidade da memória.

Questões

  1. O que Aristóteles afirma sobre a relação do homem com o conhecimento?
  2. Ao primeiro parágrafo Aristóteles valoriza muito um de nossos sentidos, que sentido é esse? E por qual razão Aristóteles valoriza esse sentido?
  3. Explique o seu entendimento em relação à expressão “poder da sensação”.
  4. O que Aristóteles afirma em relação à memória?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s