Artigo 8: Experiência brasileira: entre Tom Zé, Sérgio Buarque e Aracruz Celulose

RESUMO

O breve artigo, procura explorar e refletir a experiência brasileira a partir de aspectos culturais e políticos. Nesta perspectiva, procuramos articular traços chave da experiência brasileira a partir de pensadores como Sérgio Buarque de Holanda em seu livro Raízes do Brasil, no qual defende a posição de que nossas elites, de forma secular, perduram seus privilégios a partir de um modo de exploração do homem e da natureza que usufrui sem nada retribuir. Neste sentido, dialogamos também com o trabalho de Bajonas Brito, em seu ensaio Os Sertões e a fundamentação do pensamento crítico brasileiro do século XX, e neste exercício de reflexão dialogamos também com a canção Glória de Tom Zé, e levantamos um traço específico da experiência brasileira marcada por este usufruir sem nada retribuir a partir do documento Violação de direitos econômicos, sociais, culturais e ambientais na monocultura do eucalipto: a Aracruz Celulose e o estado do Espírito Santo, formulado por uma série de entidades reunidas em torno da Rede Alerta Contra o Deserto Verde.

Palavras chave: Experiência Brasileira, Aracruz Celulose, Sérgio Buarque, Bajonas, Tom Zé

Download Researchgate
Download Academia.EDU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s