Artigo 11: Alienação e técnica em Kafka e Benjamim

RESUMO

Este artigo se refere à segunda parte de uma pesquisa na linha de Filosofia e Literatura, que procura percorrer uma leitura dos ensaios do filósofo Walter Benjamim (1892-1940), dentre eles: Sobre alguns temas em Baudelaire, A obra de arte na era da sua reprodutibilidade técnica, Experiência e Pobreza, O Narrador, em diálogo com pensadores como Marx, em seus Manuscritos Econômico-Filosóficos, mais precisamente ao trecho de nome Trabalho Alienado, e Hebert Marcuse, em seu livro Ideologia da sociedade Industrial, ao trecho A Paralisia da Crítica: Sociedade sem Oposição, e sua crítica à sociedade moderna. A partir destas referências procuramos articular um exercício de interpretação, sobretudo a partir do conto Durante a Construção da Muralha da China de Franz Kafka (1883-1924) e breves passagens de cartas do escritor. O trabalho foi desenvolvido entre 2002 e 2003, contando com o financiamento do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica, da Universidade Federal do Espírito Santo, tendo como orientador o professor Bernardo Barros.

Palavras Chave: Kafka, Benjamim, Muralha da China, Literatura

Download Researchgate
Download Academia.EDU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s